Dicionário do Olho

Reunimos aqui muitos termos utilizados na oftalmologia para você também se tornar um pouco mais “especialista” na hora de falar sobre a visão.

Aberração Ocular

Imperfeição do sistema óptico.

Ablação

Ato de modificação da superfície corneana por laser durante o tratamento.

Acomodação

A acomodação permite ao olho humano focalizar a imagem num objeto próximo, tendo um desfoque das imagens ao fundo, ou mudar o foco para as imagens ao fundo, desfocando o objeto próximo. Essa acomodação é progressivamente diminuída após os quarenta anos, impedindo que os objetos próximos sejam vistos com nitidez. Esse processo chama-se presbiopia ou vista cansada, corrigido com o uso de óculos para perto ou cirurgia a laser.

Acuidade Visual

Determina quanto um olho humano enxerga.

Afacia

Ausência de cristalino, sendo primária ou secundária. A afacia congênita é acompanhada frequentemente de outras malformações, como a microftalmia e a microcórnea. “Faco” em grego = cristalino. A perda de transparência do cristalino chama-se catarata. A catarata é mais comum após os 60 anos.

Allegretto Eye-Q 400 Hz

O laser mais preciso e atualmente mais vendido no mundo. É o laser utilizado pelo IOC em suas cirurgias com resultados de superioridade comprovada.

Ambioplia

A ambioplia, em termos práticos, é o não desenvolvimento do córtex visual no cérebro de um dos olhos por falta de estímulo. O córtex visual é estimulado na criança até aproximadamente os 6 anos. A causa mais comum da ambioplia falta de uso de óculos.

Ametropia

Necessidade de grau ou óculos para enxergar para longe. Exclui-se a presbiopia ou vista cansada.

Ângulo Irido-Corneano

Zona anatômica resultante da reunião de 4 estruturas: a córnea e a esclera, a íris e o corpo ciliar. Tem um papel importante na produção e drenagem do humor aquoso. É formado por duas paredes e um vértice (onde está o músculo ciliar).

Aniridia

Ausência de íris, não sendo habitualmente completa. O glaucoma congênito está habitualmente associado a essa condição.

Aniseiconia

Quando a imagem vista por um olho é diferente daquela vista pelo outro olho.

Anisocoria

Pupilas que apresentam tamanhos diferentes, com diferença superior ou igual a 1 milímetro.

Anisoforia

Desvios dos eixos visuais.

Anoftalmia

Malformação congênita caracterizada pela ausência de um ou de ambos os olhos.

Anomalias de Refração

Também conhecidas como vícios de refração ou erros de refração: miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. São compensadas pela correção óptica. Tratam-se de diferentes deficiências visuais que acontecem quando o olho não consegue focalizar, no plano da retina, os estímulos recebidos. O paciente sente dificuldade de ver com nitidez, que é proporcional ao grau da refração.

Anquilobléfaro

Aderências entre as pálpebras superior e inferior, no canto externo.

Aquoso

O mesmo que humor aquoso. Líquido produzido pelo corpo ciliar, que contribui para a nutrição do segmento anterior e para as variações da pressão intraocular.

Astenopia

Popularmente conhecida como “cansaço visual”. Ocorre geralmente quando se efetua um trabalho fixo a uma distância fixa.

Astigmatismo

Deficiência visual em que a luz que penetra no olho não é focalizada em um plano único. Isso pode gerar alguma deformação na imagem ou um duplo contorno desta.

Astigmatismo a favor da regra

Tipo de astigmatismo mais frequente (70% dos casos), sendo caracterizado por um meridiano vertical (90°) com um maior poder refrativo.

Astigmatismo contra a regra

Quando o meridiano com maior poder refrativo é na horizontal (180°).

Astigmatismo irregular

Um tipo de astigmatismo que varia de intensidade no seu próprio eixo. É possível de ser corrigido através de correções personalizadas a laser, guiadas pelos exames de topografia corneana (Topolyzer), porque a focalização é irregular. Pode não ter uma causa específica ou resultar de patologias corneanas, sejam elas pós-traumáticas, cirúrgicas ou infecciosas.

Vamos agendar
a sua consulta?