R

Reação Pupilar Paradoxal

Algumas crianças exibem constrição paradoxal das pupilas ao escuro. Constrição brusca da pupila ocorre quando a luz é desligada, seguida de lenta dilatação.

Reflexo Fotomotor Direto

Sua função é regular a intensidade de luz que entra pela pupila. O aumento de luz causa miose (contração pupilar), não só no olho estimulado como no não estimulado.

Refração da Luz no Olho

Chamamos de refração da luz o fenômeno em que ela é transmitida de um meio para outro diferente. Dizemos que o olho se assemelha ao funcionamento de uma máquina fotográfica: a luz emitida pelos objetos entra no nosso olho através da córnea. A córnea é uma lente transparente e faz a primeira e principal refração da luz. A luz atravessa a pupila – um diafragma – e passa pelo cristalino, uma estrutura biconvexa e transparente. No cristalino, os raios de luz são focalizados para incidir diretamente na retina. A retina é uma estrutura com várias camadas de células nervosas e é responsável por transformar os raios luminosos em impulsos nervosos. Esses impulsos gerados pela retina são levado ao cérebro através do nervo óptico.

Refratometria

Medida do índice de refração através de um refratômetro – instrumento que serve para determinar o poder de refração do olho.

Retina

Camada mais interna das três que revestem o olho. Responsável pela formação de imagens, retendo-as e traduzindo-as para o cérebro através de impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico. Constituída por tecido nervoso, possui mais de 120 milhões de fotorreceptores (cones e bastones).

Retinoblastoma

Tumor maligno originário da membrana neuroectodérmica da retina embrionária, representa de 2 a 4 % dos tumores malignos pediátricos.

Retinopexia

Técnica cirúrgica indicada para casos de descolamento de retina. O retinólogo coloca uma faixa ou uma banda de silicone sobre a esclera (parte branca do olho) com a intenção de empurrá-la em direção da retina, com o objetivo de posicionar esta em seu leito habitual.

Retinoscopia

Exame, também denominada de esquiascopia, que significa a análise da sombra. Permite deduzir o estado refrativo.

Retinoscópio

Aparelho utilizado para realizar o exame de esquiascopia. Este aparelho não permite ver a retina e sim a luz que é refletida por ela.

Rosa Bengala

O corante tetraiodofluoresceína. Ao exame corneano, permite observar a presença de danos nas células epiteliais.

Rubeose

Ou rubeosis iridens, áreas com neovascularização encontradas na superfície da íris. Muitas vezes são decorrentes da retinopatia diabética.

Vamos agendar
a sua consulta?