S

Saco Lacrimal

Faz parte do sistema lacrimal. Pode ser descrito como um reservatório cilíndrico.

Seclusão Pupilar

Ou seclusio pupillae. Bloqueio completo da câmara anterior e da câmara posterior por sinéquias; bloqueio pupilar.

Secreção Conjuntival

Secreção é o meio através do qual as células descarregam substâncias que produziram internamente para o meio externo. A conjuntiva quando estimulada, por infecções ou inflamações, produz secreção.

Segmento Anterior do Olho

Dividimos o globo ocular em segmento anterior (esclera, córnea, íris, corpo ciliar, humor aquoso e cristalino) e segmento posterior (coroide, membrana de Bruch, humor vítreo e retina).

Septo Orbitário

Constitui a porção fibrosa das pálpebras.

Simbléfaro

Aderência entre a pálpebra e o globo ocular.

Sinal de Hertogh

Sinal clínico característico do ato de coçar a região das sobrancelhas e olhos com muita frequência. Mais comum na pediatria nos casos de dermatite atópica. Ocorre uma rarefação do terço externo das sobrancelhas.

Sinal de Munson

Depressão da pálpebra inferior no olhar para baixo. O sinal de Munson é um dos achados clínicos principais no ceratocone.

Sinal de Rizzutti

Reflexão cônica na região periférica da íris.

Sincinesia Acomodativa

Reação reflexa à visão de perto, ou seja, acomodação do cristalino.

Síndrome de Adie

Também chamada de pupila tônica de Adie. É um transtorno neurológico onde as pupilas se encontram dilatadas e não reagem, ou reagem pouquíssimo, ao estímulo de luz.

Síndrome de Claude-Bernard-Horner

Síndrome rara, causada pela lesão dos nervos faciais e oculares. É a associação de um conjunto de sinais e sintomas: – queda discreta da pálpebra superior (ptose), – diminuição da pupila (miose), – afundamento do globo ocular dentro da órbita (enoftalmia), – ausência de transpiração na face e pescoço (anidrose facial) Pode ser decorrente de diversas etiologias, por exemplo: AVC (acidente vascular cerebral), aneurisma da aorta, cefaleias, etc.

Síndrome de Morning Glory

Síndrome que revela uma anomalia congênita do nervo óptico de muito baixa incidência e prevalência unilateral. É caracterizada por um disco óptico aumentado (recebe esse nome devido à semelhança com uma flor denominada Morning Glory), escavação profunda, presença de vestígios de tecido glial e arranjo radial da vascularização da retina.

Síndrome de Posner-Schlossman

Doença que afeta os olhos revelando uma moderada e recorrente inflamação da úvea, produzindo tensão ocular elevada. Tecnicamente é descrita como uma uveíte hipertensiva unilateral. Normalmente afeta apenas um olho.

Sinéquias Oculares

Aderências da íris ao cristalino.

Sinérese Vítrea

Degeneração vítrea com separação dos componentes sólidos dos líquidos (liquefação). Pode estar relacionada à idade ou processos patológicos como glaucoma ou uveítes.

Sinóptoforo

Exame realizado no contexto da avaliação de ortóptica. Quantifica o estrabismo e avalia os três graus da visão binocular.

Sínquise Cintilante Colesterolosis Bulbi de Câmara Anterior

Processo degenerativo caracterizado pelo depósito de cristais de colesterol dentro do olho.

Supraducção

Em oftalmologia, é o movimento de um olho para cima, independente do outro.

Synophrys

Quando as duas sobrancelhas se encontram na linha média dando um aspecto de sobrancelha única (como as sobrancelhas de Frida Kahlo).

Vamos agendar
a sua consulta?