Dor no olho ao piscar: o que pode ser?

17 de novembro de 2017

A dor nos olhos é um sintoma comum e que afeta grande parte das pessoas em algum momento de suas vidas. Ela tem diferentes causas, desde o cansaço ocular e o uso inadequado de óculos e lentes de contato, até situações potencialmente graves e agudas como uma crise de Glaucoma. Neste artigo, saiba mais sobre um tipo especial de dor ocular: a dor no olho ao piscar, uma condição que pode permitir a identificação de alterações oculares específicas.

Dor no olho ao piscar

O que causa a dor nos olhos ao piscar?

São várias as regiões dos olhos que, quando afetadas, podem causar o sintoma da dor:

  • A Córnea, lente natural mais externa do olho e que confere proteção ao globo ocular.
  • A Esclera, porção branca dos olhos.
  • A Conjuntiva, uma fina membrana que recobre a região interna das pálpebras, a Córnea e parte da Esclera.

De um modo geral, quaisquer situações que levem à lesão, inflamação ou infecção destas porções do olho podem levar à dor ao piscar os olhos. A causa mais frequente de desconforto ou dor ao piscar vem de uma inflamação nas glândulas que produzem secreções que se juntam às lágrimas.

Situações que levam a dor no olho ao piscar incluem:

  • Calázio, Hordéolo ou “Viúva”: este processo inflamatório pode ter origem na raiz de um cílio, ou estar mais no centro da pálpebra. Existe um aumento de volume da glândula, que deixa toda a região muito sensível. O Oftalmologista deve ser consultado porque o tratamento depende da intensidade da reação inflamatória.
  • Blefarite: inflamação com descamação do bordo palpebral, na linha da raiz dos cílios. Necessita de cuidados de higienização e colírios de antibiótico.
  • Corpo estranho ou depósito natural de cálcio no tarso da pálpebra superior: Para o diagnóstico uma manobra que everte a pálpebra superior precisa ser feita, e a conduta depende de um exame detalhado do local.
  • Olho seco: as glândulas lacrimais produzem um filme lacrimal responsável pela lubrificação da Córnea, Esclera e Conjuntiva dos olhos, permitindo que o movimento ocular e as piscadas não gerem desconforto. Se os seus olhos não estiverem produzindo lágrima suficiente (ou se esta lágrima não tiver uma qualidade e composição adequadas), dor e desconforto ocular podem surgir ao piscar os olhos.
  • Corpo estranho: mesmo detritos pequenos, como um cílio, podem causar desconforto ocular. Em algumas situações, a dor ocular pode surgir apenas quando os olhos piscam.
  • Conjuntivite: a inflamação da Conjuntiva normalmente vem acompanhada de dor nos olhos e sensação de corpo estranho. Nestes casos, a dor pode ser maior ao piscar os olhos. Sintomas adicionais como aumento do lacrimejamento, fotofobia (sensação de desconforto aumentada em ambientes mais iluminados) e secreção purulenta podem surgir. A Conjuntivite pode ser causada por alergias, infecções virais ou bacterianas, dentre outras.
  • Abrasão da Córnea: pequenos traumas ou arranhaduras na Córnea podem cursar com o sintoma de dor no olho ao piscar. A abrasão da Córnea pode surgir pela própria presença de corpos estranhos ou Conjuntivite, ou ainda no uso de lentes de contato de maneira inadequada.
  • Úlcera de Córnea: quando mais intensas, abrasões corneanas podem levar a uma ulceração de Córnea, uma situação que pode predispor a infecções oculares mais séries e geralmente relacionada com o uso de lentes de contato.
  • Glaucoma: esta doença raramente causa sintomas. Porém, em uma crise de Glaucoma de Ângulo Fechado, a dor ocular pode ser intensa e vir acompanhada de sintomas como náuseas, vômitos e dores de cabeça.
  • Neurite Óptica: a inflamação do nervo óptico (responsável por captar o estímulo da Retina e transferi-lo para porções do cérebro), localizado no fundo de olho, pode levar à dor ocular ao piscar ou ao movimentar os olhos, associado com sintomas como a perda de visão.
  • Terçol: é caracterizado pela inflamação das glândulas de Zeis e Mol e é caracterizado por uma infecção bacteriana, enquanto o calázio é apenas a inflamação da glândula conhecida por Meibômio. Ambas as condições podem causar dor no olho ao piscar, juntamente com sinais de vermelhidão e inchaço na região palpebral em contato com o globo ocular.
  • Traumas oculares: quaisquer traumas na região do globo ocular podem levar a lesões da Córnea, Esclera e/ou Conjuntiva ou demais estruturas internas que podem cursar com dor ao piscar ou espontânea.

O que fazer em caso de dor ocular ao piscar?

Se você sofreu algum tipo de trauma ocular ou a dor no olho ao piscar vem acompanhada de outros sintomas, como a perda súbita de visão, aumento súbito de moscas volantes (formas escuras que flutuam no campo de visão), flashes de luz, vermelhidão, lacrimejamento excessivo, presença de secreção ou fotofobia, é importante procurar um oftalmologista.

No IOC, você tem à disposição o IOC Agile, uma unidade de pronto-atendimento oftalmológico 24h em Curitiba, localizado a 50m da sede do IOC e com estacionamento próprio. Não é necessário agendar consulta.: basta comparecer na Rua Brigadeiro Franco, nº 2848 no bairro Mercês – Curitiba/PR para ser atendido pela competente equipe do IOC. Estamos aguardando pela sua visita.

Vamos agendar
a sua consulta?