Moscas Volantes: visão com manchas flutuantes ou pontos pretos

15 de novembro de 2017

A maior parte das pessoas já percebeu, em algum momento ou outro de suas vidas, as chamadas Moscas Volantes: são depósitos de vários formatos, tamanhos e cores que invadem o campo visual, especialmente quando estamos lendo um livro ou olhando para uma parede branca. Geralmente, são observadas manchas flutuantes ou pontos pretos na visão, ao movimentarmos os olhos ou tentar fixar o olhar nesses depósitos, eles costumam mudar de posição. Neste artigo, entenda mais sobre as Moscas Volantes, suas causas, qual sua importância na saúde ocular e quando você deve procurar um oftalmologista.

Moscas Volantes

O que são as Moscas Volantes?

As Moscas Volantes são o nome dado a depósitos de substâncias na região ocular conhecida por humor vítreo, um líquido gelatinoso e normalmente transparente que preenche a cavidade do globo ocular e que mantém a Retina em sua posição, evitando o seu descolamento, além de outras funções.

O Humor Vítreo, diferente do Humor Aquoso (um líquido que também preenche a cavidade do globo ocular, porém em sua porção anterior, entre o Cristalino e a Córnea), não é produzido e substituído constantemente. Assim, sua composição mantém-se relativamente estável durante a vida.

Nos primeiros estágios da vida, o Humor Vítreo é completamente transparente. Porém, com o passar da idade, depósitos advindos da descamação celular interna do olho e de processos degenerativos do Vítreo acumulam-se. Assim, as Moscas Volantes aumentam à medida que nós envelhecemos.

Quais são suas causas?

Muitas são as causas do surgimento ou aumento de Moscas Volantes. Basicamente, qualquer condição que altere a composição do Humor Vítreo ou aumente a deposição de material em seu líquido pode levar às Moscas Volantes.

A causa mais comum das Moscas Volantes é a chamada Sinérese Vítrea: o Humor Vítreo é composto basicamente por 99% de líquido e aproximadamente 1% de materiais sólidos, que consistem em dois compostos, fibras de colágeno e ácido hialurônico. Com o avançar da idade, o Vítreo passa a se liquefazer e as fibras de colágeno despolimerizam (se “desmancham”) e as fibrilas que surgem por conta desse processo são percebidas como visão com manchas flutuantes.

À medida que o Vítreo se liquefaz no processo, ele pode diminuir de tamanho, semelhante a uma gelatina que seca em um recipiente. Assim, é possível surgir o chamado Descolamento de Vítreo. Normalmente ele não deve causar preocupação. Porém, se houver um aumento súbito das Moscas Volantes ou se elas vierem acompanhadas de sintomas como flashes de luz e/ou redução da visão, é importante procurar um oftalmologista o quanto antes, pois podemos estar frente a um Descolamento de Retina.

Além destas causas, qualquer processo que leve ao sangramento de vasos da Retina pode aumentar o número de Moscas Volantes, que surgem pela percepção de glóbulos vermelhos que penetram o Humor Vítreo ao saírem dos vasos. Processos inflamatórios do interior do olho, como a Uveíte Posterior e a Toxoplasmose, pode levar ao acúmulo de glóbulos brancos (células de defesa) no Vítreo, que também serão percebidos como manchas flutuantes ou pontos pretos na visão.

Em alguns casos, a existência de alterações no filme lacrimal pode ser percebido pelo paciente como Moscas Volantes, apesar de não o serem, pois este é o nome dado a alterações no Humor Vítreo. Em situações como a Blefarite (inflamação da pálpebra) e alergias oculares, o acúmulo de substâncias juntamente com as lágrimas podem ser percebidos.

Como é realizado o diagnóstico?

Em uma consulta oftalmológica, as Moscas Volantes podem ser prontamente avaliadas através de um exame conhecido por Lâmpada de Fenda ou ainda pela Oftalmoscopia.

Quando devo procurar ajuda?

O aumento súbito de Moscas Volantes na visão, principalmente se acompanhado de outros sintomas como dor ocular, presença de flashes ou raios de luz, ou ainda a perda de visão pode indicar situações potencialmente graves como um Descolamento de Retina.

Nessas situações, é importante buscar um pronto-atendimento oftalmológico. Em Curitiba, o IOC oferece o IOC Agile, um pronto-atendimento oftalmológico 24h com oftalmologistas experientes prontos para avaliar o seu caso e realizar o tratamento, se necessário. Basta comparecer na Rua Brigadeiro Franco, nº 2848, no bairro Rebouças em Curitiba/PR (estacionamento no local).

Vamos agendar
a sua consulta?