Blefaroplastia

Com o envelhecimento, a pele das pálpebras tende à flacidez e os músculos ao redor dos olhos perdem seu tônus, ficando mais delgados. O processo pode ser acelerado devido à perda de peso, excesso de exposição ao sol, alterações oftalmológicas, ou ainda alterações sistêmicas como cardiopatias e tireoideopatias. Todos esses fatores deixam os olhos com o aspecto de “encovados”, contribuindo para uma fisionomia cansada e envelhecida. No IOC dispomos de uma equipe de cirurgiões especializados em corrigir esses sinais, atendendo às suas expectativas por estética e harmonia.

Formas de Tratamento

Cirurgia para remoção do excesso de pele e bolsas de gordura nas pálpebras inferior, superior ou ambas.

Procedimento

A cirurgia é realizada sob anestesia local associada à sedação, em centro cirúrgico, com duração de uma a três horas.

Pós-operatório

Os pontos serão retirados no quarto ou quinto dia após a cirurgia. A evolução do edema (inchaço) varia muito de paciente para paciente, sendo que alguns apresentam aspecto bastante natural já no quinto ou sexto dia. Em certos casos, pode demorar mais alguns dias. Podem surgir também hematomas que nada mais são do que a infiltração do sangue entre os tecidos adjacentes, em função do próprio trauma cirúrgico. Não causam nenhuma complicação e serão totalmente reabsorvidos nos dias subsequentes à intervenção. Não há necessidade de oclusão. Recomenda-se apenas a utilização de compressas geladas várias vezes ao dia, principalmente nas primeiras 48 horas.

Cicatrização

As cicatrizes remanescentes tendem a ficar praticamente invisíveis com o passar do tempo porque as incisões são feitas nas dobras das pálpebras.

Resultados

O resultado esperado após uma cirurgia de blefaroplastia é de um olhar rejuvenescido, mais leve e descansado, sem alteração da fisionomia.

Conheça outros Tratamentos IOC:

Vamos agendar
a sua consulta?