Coçar os olhos causa Ceratocone?

Atualizado em: 25 de setembro de 2017

Hábito considerado comum, coçar os olhos pode trazer muito mais que uma pequena irritação ou vermelhidão. Para aqueles que já têm predisposição, a abrasão constante da Córnea causada pelo hábito de coçar os olhos pode ser a porta de entrada de algumas doenças graves como, por exemplo, o CeratoconeSegundo dados da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO), a doença já foi a maior responsável pela indicação de transplante de córnea no Brasil e acomete cerca de 5% da população brasileira atualmente, de acordo com informações do Conselho Brasileiro de Oftalmologia. Nesse artigo, descubra se o hábito de coçar os olhos causa Ceratocone.

O que é o Ceratocone?

O Ceratocone é uma doença não inflamatória progressiva do olho que causa mudanças estruturais na Córnea. A Córnea é a primeira estrutura do olho, é transparente e funciona como uma lente natural, que tem a finalidade de focalizar as imagens na Retina e proteger as estruturas internas do globo ocular como um “vidro de relógio”. O Ceratocone deixa a córnea menos resistente, permitindo que ela se deforme, avançando para frente num formato cônico (bicudo), tornando-a também mais fina.

O ato de coçar os olhos está diretamente ligado ao surgimento da doença e à sua progressão. Existe uma associação muito frequente de conjuntivite alérgica nos pacientes suscetíveis ao Ceratocone. O fato de se coçar os olhos de forma intensa e com frequência, facilita a deformação da córnea e a progressão da sua alteração.

Com o agravamento do quadro, a doença impede a projeção de imagens nítidas na Retina e pode promover o desenvolvimento de grau elevado de Astigmatismo Irregular e Miopia. Fora de controle, o Ceratocone pode comprometer por completo a visão do paciente.

Os primeiros sintomas do Ceratocone

O Ceratocone é uma doença genética e se manifesta frequentemente entre os 10 e 25 anos. Porém, ela pode dar seus primeiros sintomas em torno dos 7 anos. Ela costuma progredir até a quarta década de vida, quando passa a estabilizar-se com o tempo. O Ceratocone ainda pode se desenvolver nos dois olhos de maneira assimétrica, ou seja, em um olho a doença pode estar mais avançada que no outro.

O primeiro sintoma, que pode ou não vir combinado com a coceira insistente, é a perda da nitidez na visão. Não é raro pacientes reclamarem da sensação que há névoas, pontos borrados ou distorcidos em alguns ângulos da visão, que variam conforme a posição do globo ocular.

Em geral, os pacientes também apresentam Astigmatismo, obrigando-os a trocar as lentes ou os óculos com frequência aumentada, devido à constante oscilação do grau.

Prevenção do Ceratocone

Quem coça menos os olhos tem menor probabilidade de desenvolver a doença. No entanto, não há receita para estar livre do Ceratocone. Se outras pessoas da família já foram diagnosticadas, é preciso tomar alguns cuidados. É de suma importância evitar e tratar adequadamente processos alérgicos, não deixando que eles perdurem por muito tempo, o que irritaria ainda mais os olhos.  

Existem colírios antialérgicos que melhoram muito os sintomas da coceira nos olhos, evitando que o processo mecânico da coceira desencadeie o Ceratocone.

Consultas anuais com o Oftalmologista também são importantes, especialmente em pacientes portadores de alergias, para que o Ceratocone, se existente, seja diagnosticado em estágios iniciais, já que o diagnóstico precoce pode prevenir o avanço desenfreado do quadro.

Possíveis tratamentos

Há diversas técnicas disponíveis que podem retardar o avanço da doença. No início, o Ceratocone pode ser controlado apenas com o uso de óculos ou ainda lentes de contato que ajudam a manter a superfície da córnea íntegra. Essas lentes de contato rígidas também auxiliam na correção do Astigmatismo Irregular característicos em pacientes desse quadro.

Ainda há outras opções como os como os Anéis Intraestromais, também conhecidos por Anéis de Ferrara. Quando posicionados, eles são responsáveis por manter a curvatura da córnea. Essa opção é sugerida ao paciente quando os óculos e as lentes não surtem mais o efeito desejado.

Outro tratamento, considerada a alternativa mais moderna no controle ao Ceratocone, é o Crosslinking, uma intervenção que tem por objetivo fortalecer as fibras de colágeno da Córnea para evitar que ela continue a tomar a forma cônica. Diferentemente de qualquer outro tratamento, o Crosslinking é capaz de impedir de maneira eficaz a progressão da doença.  Esse fortalecimento é alcançado através da aplicação de Vitamina B2 (Riboflavina) associada à exposição da Córnea à luz ultravioleta.

A técnica mais avançada do Crosslinking se faz simultaneamente com aplicação de laser sobre a Córnea em um tratamento personalizado, que utiliza os mapas de relevo topográficos da Córnea para identificar o local das deformidades e a seguir direcionar os feixes de laser para regularizar essas alterações

Uma vez que a Córnea adquire um novo formato mais natural, o Crosslinking irá enrijecer a Córnea nesse novo formato, permitindo uma grande melhora na qualidade da visão. O Instituto de Oftalmologia de Curitiba foi pioneiro no Brasil na realização do Crosslinking, técnica utilizada pelos nossos profissionais desde 2007. Nós também temos grande experiência no tratamento conjunto do Ceratocone utilizando o Crosslinking com a ablação a laser guiada por Topografia de Córnea.

Para os casos nos quais os pacientes não apresentam bons resultados com as técnicas já citadas, o transplante de córnea é a última alternativa.

Se você tem Ceratocone ou apresenta sintomas da doença e deseja realizar um diagnóstico, acompanhamento e tratamento eficientes, agende sua consulta no IOC através do formulário abaixo e entraremos em contato rapidamente. Estamos esperando por você.



Vamos agendar
a sua consulta?

(41) 3322-2020

clique para ligar

Entre em contato

Dúvidas? Converse conosco ao vivo
Dúvidas? Converse conosco ao vivo
Seja bem-vindo(a) ao IOC. Como posso lhe ajudar?
Conectando...
Nenhum dos nossos operadores estão disponíveis no momento. Deixe sua mensagem abaixo e responderemos por email assim que possível.
Nossos operadores estão ocupados. Por favor, tente novamente mais tarde
:
:
:
Você tem uma dúvida? Escreva para a gente!
:
:
Esta sessão de chat foi finalizada