Consulta com Oftalmologista: 5 motivos para não adiá-la

Atualizado em: 31 de outubro de 2017

A saúde dos olhos parece nunca estar em nossa lista de prioridades. A correria do dia-a-dia é uma das causas, e os homens tendem a ser mais despreocupados com a saúde de um modo geral do que as mulheres. A consulta com um oftalmologista é lembrada quando existe algum desconforto com os olhos ou uma baixa da visão e raramente é feita em caráter preventivo.

Muitas vezes, mesmo na presença de alguns sintomas, tendemos a banalizá-los, adiando uma consulta com o Oftalmologista, quando em alguns casos podemos estar perdendo a preciosa oportunidade de diagnosticar doenças graves em suas fases iniciais. Neste artigo, conheça os cinco motivos que indicam uma consulta com Oftalmologista que não pode ser adiada.

1. Nunca ter ido a uma consulta com Oftalmologista

Pode parecer improvável, mas existe um grande número de pessoas que nunca fizeram uma visita à um oftalmologista. Este é, por si só, um grande motivo para realizar uma primeira consulta, independentemente da faixa etária.

Idealmente, a primeira consulta deve acontecer na infância, aos 4 anos, antes do inicio da fase escolar. Assim, será possível afastar problemas congênitos e alterações de visão que podem ser irreversíveis após este período, como a Ambliopia (o popular “Olho Preguiçoso”). Será identificada a necessidade de óculos quando a falta destes pode impedir que a visão binocular se desenvolva plenamente.

Miopia, Astigmatismo e Hipermetropia são os defeitos mais comumente encontrados numa consulta, e a sua correção melhoram muito a qualidade da visão. Além destas doenças, problemas mais graves como o Glaucoma costumam evoluir com pouco ou nenhum sintoma e o prejuízo da visão acontece de maneira irreversível. Por isso, é importante uma consulta de rotina, mesmo sem sintomas.

Se você tem aproximadamente 40 anos e ainda não realizou uma consulta oftalmológica recentemente, é importante saber que sinais de Presbiopia (Vista Cansada) pode começar a dar seus primeiros sinais de surgimento. Aos 60 anos, a Catarata costuma surgir.

2. Sensação de cansaço visual

Profissionais que passam muitas horas em frente à tela do computador sofrem um aumento de sensibilidade à luz, que pode causar irritação nos olhos, lacrimejamento excessivo ou a sensação de olhos secos. Poluição, ar condicionado e tempo muito seco também contribuem para o aparecimento desses sintomas característicos de cansaço visual.

Se você passa mais de duas horas em frente ao computador e apresenta os sintomas citados, marque uma consulta com o Oftalmologista para que ele te indique formas de amenizar o problema, para que ele não se agrave em longo prazo.

3. Redução na acuidade visual

Se você apresenta dificuldade de ler, ou ainda se tem a visão embaçada ou distorcida para longe e/ou para perto, é preciso consultar um profissional. Dificuldade em ler de perto pode apontar para a Hipermetropia ou a Presbiopia. Se tem problemas em identificar placas ou rostos de longe, a Miopia pode estar envolvida. Se a visão está ruim para ambos, pode estar frente a um Astigmatismo.

Esses problemas são facilmente tratados com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgias a laser. Somente em uma consulta com o Oftalmologista de sua confiança você poderá identificar esses quadros e o tratamento mais indicado pode ser realizado.

4. Histórico familiar de Diabetes ou Hipertensão

Pessoas que possuem histórico familiar de Diabetes e Hipertensão devem ir ao Oftalmologista periodicamente, independente de apresentar ou não dificuldades na visão.

Essas doenças causam quadros conhecidos por Retinopatia Diabética e Hipertensiva, disfunções silenciosas que evoluem lentamente, podendo causar sérios danos oftalmológicos e inclusive cegueira. Por isso, é importante fazer visitas periódicas e exames de fundo de olho para conferir a saúde da Retina.

5. Alterações na visão

Alguns sintomas podem indicar uma consulta oftalmológica de urgência/emergência, pois podem estar relacionados a doenças graves e que requerem cuidados imediatos para preservar o sentido da visão:

  • Dor súbita em um ou ambos os olhos, de grande intensidade;
  • Aumento súbito de manchas que passam pela frente da visão;
  • Flashes ou raios de luz súbitos;
  • Redução repentina da visão.

É importante ressaltar que procurar um oftalmologista em caráter preventivo é uma atitude responsável e de pessoas que se preocupam com a saúde dos olhos. Identificar problemas no início possibilita um tratamento mais eficaz e resultados mais positivos.

Se você deseja realizar uma avaliação com oftalmologistas experientes e tecnologia de ponta, agende sua consulta no IOC através do formulário abaixo. Estaremos aguardando sua visita.

Vamos agendar
a sua consulta?

(41) 3322-2020

clique para ligar