Ceratite Ocular: o que é, causas, sintomas e tratamento

Atualizado em: 11 de dezembro de 2018

A Ceratite Ocular é o nome dado à inflamação da camada mais superficial da Córnea (o epitélio). Ela pode surgir por uma série de causas. Neste artigo, conheça o que é essa doença ocular, como ela acontece, qual é o diagnóstico e o tratamento dessa importante condição oftalmológica.

Ceratite Ocular

O que é a Ceratite?

A ceratite é causada por uma irritação ou inflamação da primeira camada de células da Córnea. A camada epitelial ou “pele” da Córnea. A Córnea é a lente mais externa do olho, cobrindo a Íris e a Pupila. Para que nossa visão seja nítida e sem imperfeições, a Córnea deve estar completamente transparente.

Na Ceratite Ocular, a Córnea encontra-se inflamada, o que atrapalha a visão.

O que causa a Ceratite Ocular?

Toda Ceratite Ocular é uma irritação ou inflamação. As inflamações, na Medicina, podem ser ou não ocasionadas por uma infecção, que é o nome dado a uma doença ocasionada por um microorganismo.

O epitélio é constantemente hidratado por uma camada de lágrimas, chamada de “filme lacrimal”. Alterações deste filme lacrimal, olho seco, irritações químicas ou poluição, traumas mecânicos que rompem a barreira epitelial (causadas inclusive por uso de lentes de contato), conjuntivites e outras alterações podem levar ao surgimento da Ceratite.

Uma das causas mais comuns de Ceratite do olho é o uso inadequado de lentes de contato. Bactérias, fungos ou parasitas podem habitar a superfície das lentes de contato ou o estojo das lentes. Além disso, o uso prolongado da lente de contato também pode levar a uma Ceratite não infecciosa, pelo simples trauma em excesso na superfície da Córnea.

O contato de água contaminada aos olhos também pode levar a uma Ceratite infecciosa, especialmente em águas de oceano, rios e lagos. A barreira natural de proteção dos olhos costuma evitar esse tipo de contaminação. Porém, na existência de abrasões superficiais da Córnea (ocasionadas por uso prolongado de lentes de contato, por exemplo), pode facilitar o alojamento destes microorganismos e levar à doença.

As causas menos frequentes de Ceratite são as infecciosas, podendo surgir por:

  • Bactérias (Ceratite bacteriana): como por exemplo a bactéria Neisseria gonorrhoeae, causadora da gonorreia;
  • Vírus (Ceratite viral): como os vírus Herpes simplex e Herpes zoster.
  • Fungos (Ceratite fúngica) ou por parasitas (Ceratite parasitária): mais rara, causada por fungos do gênero Aspergillus e Fusarium, dentre outros.

Qualquer tipo de trauma na superfície da Córnea (como a arranhadura de unha) pode levar à Ceratite. Além disso, a lesão corneana pode levar à penetração de microorganismos, levando a uma Ceratite infecciosa.

E quais os sintomas?

O desconforto de uma Ceratite é muito grande. Ele surge de maneira inteligente pelo nosso organismo, como um sinal de alerta para que a ajuda seja procurada sem demora. Valorize sempre que qualquer um dos sintomas abaixo surjam. Os 3 primeiros estão presentes em quase 100% dos casos:

  • Dor ou desconforto ocular, que costuma ser intenso;
  • Dor no olho ao piscar;
  • Lacrimejamento ou presença de secreção aumentada ou purulenta nos olhos;
  • Aumento da sensibilidade à luz;
  • Queimação ou coceira nos olhos;
  • Sensação de corpo estranho;
  • Inchaço da região palpebral;
  • Visão borrada;
  • Vermelhidão ocular.

Quais as complicações da Ceratite Ocular?

Quando não diagnosticada e tratada, a Ceratite pode trazer complicações que podem comprometer a visão. Casos mais graves e sem tratamento podem gerar sequelas.

Como o filme lacrimal e o epitélio contribuem para a formação da visão, esta pode estar embaçada durante a Ceratite.

A Ceratite Ocular pode também progredir para uma Úlcera de Córnea, nome dado às lesões com perfuração e destruição da superfície da Córnea, que normalmente é intacta. Em casos mais raros e avançados, isso pode levar à cegueira e necessidade de Transplante de Córnea.

Porém, mais comumente, quando não grave e tratada de maneira adequada, a Ceratite causa apenas uma redução temporária da visão.

Como é feito o tratamento?

O tratamento a ser realizado para a Ceratite Ocular vai depender da causa identificada e da gravidade da abrasão da Córnea.

As causas mais comuns são irritações oculares, por poluição, irritação química, uso prolongado de lentes de contato, disfunções do filme lacrimal e olho seco.

Na vigência de infecção, colírios antibióticos ou antifúngicos poderão ser prescritos.

É importante lembrar que a Ceratite de Córnea deve ser identificada e tratada precocemente para evitar maiores problemas. Feito o diagnóstico, seu oftalmologista irá orientá-lo(a) da melhor maneira para tratar os sintomas e desconfortos, fazendo com que você se recupere o mais rápido possível e afaste qualquer outro tipo de complicação a seus olhos e sua visão.

Muitas vezes, são necessárias várias consultas ao oftalmologista durante o tratamento, para acompanhar a progressão da melhora.

Como evitar o problema?

Como a Ceratite está, na maioria dos casos, envolvida com o uso de lentes de contato, as recomendações para usuários de lente evitarem a Ceratite incluem:

  • Preferir por lentes de contato de uso diário e retirá-las antes de dormir;
  • Lavar e secar as mãos corretamente antes de manejar as lentes;
  • Seguir as recomendações do fabricante para a higiene das lentes;
  • Usar apenas produtos esterilizados e soluções específicas para a limpeza do seu tipo de lente de contato;
  • Nunca utilizar soro fisiológico para limpeza das lentes;
  • Esfregar gentilmente as lentes de contato com a solução de limpeza para facilitar a sua ação.
  • Trocar o estojo de lentes no mínimo a cada 3 a 6 meses;
  • Descartar a solução de limpeza que já estava anteriormente no estojo antes de guardar suas lentes novamente e substitui-la por solução nova;
  • Evitar o uso de lentes de contato ao nadar ou realizar atividades na água.

Cirurgia Refrativa: uma excelente alternativa às Lentes de Contato

Os usuários de Lentes de Contato podem se beneficiar da Cirurgia Refrativa Ocular para o tratamento definitivo de Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia.

Uma das causas frequentes de início da intolerância ao uso de Lentes de Contato é uma Ceratite que se desenvolve por alergia aos produtos de limpeza e desinfecção das lentes.

O IOC tem uma das maiores experiências mundiais em Cirurgias Refrativas. Pioneirismo, vanguarda e experiência, bem como um centro exclusivo de atendimento dedicado aos pacientes candidatos à Cirurgia à Laser. Venha saber mais sobre a terceira geração da cirurgia ocular a laser, trazida com exclusividade pelo IOC: pergunte sobre a técnica SMILE de cirurgia menos invasiva.

Agende sua consulta abaixo e venha saber se você pode se beneficiar de uma ou mais técnicas de Cirurgia Refrativa disponíveis no IOC.

Vamos agendar
a sua consulta?

(41) 3322-2020

clique para ligar